Valles de Benavente

Valles de Benavente

 

62 municípios do nordestes de Zamora integram a quarta parte dos vinhos da província, no território banhado pelos rios Esla, Tera, Órbigo e Eria. 380 hectares de vinhedos e um conjunto de 180 vitivinicultores com seis caves: Otero, Verdes, Francisco Gonzalez, Andrea Gutiérrez, El Tesoro e Mitus, conformam esta Denominação de Origem Protegida.

Entre as qualidades desta comarca de vinhos está a possibilidade de destacar, no âmbito enológico, vinhos alicerçados na melhor trilogia de variedades tinta: as uvas prieto picudo, tempranillo e mencía, que representam perfeitamente o Douro e o noroeste do mapa vitivinícola.As castas grenache e cabernetsauvignon figuram como complementares. Assim, a variedade variedade verdejo e a malvasia são duas magníficas opções de vinho para apostar para branco de grande personalidade.

O clima da zona continental, de extremos e árido, com uma pluviometria baixa: invernos muito frios e verões secos e quentes. Nos meses de Inverno a pluviometria é muito maior. A comarca de Benavente e os Valles têm solos calcários pardos, com níveis baixos de fertilidade, mas que graças à sua capacidade de drenagem e arejamento, resultam em solos com grande aptidão no cultivo da videira.

Más Información en su Web Oficial